<$BlogRSDUrl$>

2004-12-11

 


Manoel de Oliveira

Foi há 96 anos que o maior cineasta português de todos os tempos nasceu no Porto. Depois de ter passado pelo desporto e até pelo trapézio, estreia-se como figurante no filme Fátima milagrosa em 1928. Dessa experiência fica-lhe o gosto e no ano seguinte inicia as filmagens do seu primeiro filme que se estreia em 1931 - Douro, Faina Fluvial.


Mas é com Aniki-Bobó, em 1941, o seu primeiro filme de ficção e um dos mais emblemáticos do cinema português que Manoel Oliveira ganha prestigio.


Desde então, e até hoje, é um nunca mais parar de filmar sempre entre as excelentes criticas internacionais e o pouco sucesso em Portugal.

Da sua filmografia destacam-se filmes como Acto da Primavera (1962), Francisca (1981), Non ou a vã glória de mandar (1988), Vale Abrãao (1993), A carta (1999) e o seu último filme O príncipio da incerteza de 2002.

Com 96 anos, hoje feitos, o que nos reservará ainda este homem que já venceu no Cinema, mas também no automobilismo, atletismo e no trapézio voador ?


Comments: Publicar um comentário

<< Home