<$BlogRSDUrl$>

2006-03-30

 
Blogo Noticioso

A confederação dos subsidiocultores portugueses reclamou junto do Governo a atribuição de subsídios pela carência de Primavera este ano ameaçando fechar a cadeado o Ministro da Agricultura caso nenhuma medida venha a ser tomada. A igual protesto juntou-se Macário Correia em nome do turismo algarvio dizendo que a Páscoa algarvia está este ano hipotecada e que o Governo tem de fazer algo que reponha de imediato as condições primaveris habituais a esta época do ano.
Também a industria dos preservativos está preocupada dizendo que o clima, e passo a citar, “Love is on the air", está comprometido e que as vendas estão a registar uma forte quebra face ao mês análogo de 2005. A Comissão Pro-vida congratulou-se com este facto e afirmou que a cópula deve ter como único objectivo a geração de vida, tendo o Presidente desta instituição (levemente ruborizado) chegado a afirmar que era pai de três meninas e que em 1972, 1975 e 1979 tinha feito amor e tido um prazer intenso.

Para fazer face a esta calamidade pública, o Governo de José Sócrates prometeu enunciar 100 medidas para evocar Primavera que deverão ser hoje aprovadas em conselho de Ministros. De entre estas medidas, que terão o nome genérico de Primaverex, salienta-se a obrigatoriedade do uso de roupas frescas, saias curtas e decotes generosos para as jovens e calções do tipo bermuda para os homens utilizarem aos fins de semana em centros comerciais. Entretanto o Ministro dos Negócios Estrangeiros já partiu para falar com o seu homólogo junto de S. Pedro e pedir explicações.

O Líder da oposição já contestou estas medidas dizendo que mais uma vez o Governo estava apenas a fazer fogo de artificio e poderia estar a criar as condições para uma forte gripe nacional. No entanto e segundo fonte segura foi já incluído no Plano Tecnológico a construção de uma fábrica de roupa interior quente, “fofinha” e invisível que possa obstar a tal situação.

Entretanto a recém-criada Comissão de Utentes da Primavera prometeu uma paralização para a semana da Páscoa dizendo que iriam fazer “qualquer coisa” que não sabiam o quê mas que iria ter um enorme impacto.

O país, no entanto, encontra-se dividido, enquanto em Trás-os-montes se pede apenas mais “um bocadinho de chuva”, no Alentejo já dois padres e uma vidente organizaram uma procissão pedindo o regresso das flores. A restante população e o recém empossado Presidente da Republica aguardam os comentários explicativos do Professor Marcelo, os primeiros como comentador televisivo e o segundo como conselheiro de estado.

É tudo por hoje, uma boa early morning para si.

2006-03-29

 
Novo vício

Chama-se OGame e é um jogo on line onde participam cerca de 12.000 pessoas em simultâneo. Começamos por estabelecer uma colónia num planeta, montar fábricas para a produção de matéria prima, naves espaciais e tecnologias de defesa e acabamos em batalhas inter-espaciais a negociar alianças e diplomacia inter-estelar.

Os fanáticos ainda perdem tempo a discutir estratégias no Fórum ou nos canais IRC.

Esta é a foto do meu Planeta actual. Chama-se Qual


 




Virada para o mediterrâneo com uma arquitectura organizada, Barcelona é uma cidade fascinante, onde se vive descontraidamente e parece existir uma constante festa.
Povoado de igrejas de uma beleza indescritível, monumentos, bares e museus, o Bairro Gótico, é um sítio de preferência de milhares de turistas por ano.
Um dos arquitectos que contribuiu para a nova arquitectura de Barcelona – Gaudi - deixou inúmeras coisas para visitar, a Igreja da Sagrada Família (inacabada) com enormes pormenores arquitectónicos e símbolo da cidade de Barcelona. A La Pedrera, com as suas formas originais redondas e cheia de chaminés de diferentes tamanhos. A Casa Vicens, Palácio Guel, entre outras
Ponto de passagem obrigatório, para um passeio entre obras de arte integradas na natureza, é o Parque Güell.
E podia passar aqui horas a descrever Barcelona os seus arquitectos e como é linda esta cidade, mas deixo essa parte para o regresso das mini férias. E com toda a certeza o Pedro e Cristina vão falar desta cidade fantástica.
A Cristina mais das lojas.

2006-03-28

 

Projecto Mão na Mão

Este projecto é um movimento Empresarial para o voluntariado. O projecto tem como principios fundamentais a disponibilização de um a dois dias por ano, por cada voluntário, para actividades desenvolvidas no hórario laboral, sem perda de retribuição ou implicação na avaliação da assiduidade, e visa colaborar em várias actividades a desenvolver com crianças com deficiencias motoras, idosos e sem-abrigo.
A participação dos voluntários nas acções depende da sua predisposição e da disponibilidade.
Como é lógico as empresas beneficiam também na medida em que melhoram a sua imagem pública e transmitem uma mensagem positiva das suas claras intenções à comunidade que as rodeia.
Na empresa onde trabalho o ano passado a bolsa interna de voluntários era insuficiente para todas as acções do projecto.
Este ano estão abertas as inscrições para novos voluntários, e num universo tão vasto de funcionários, só me resta esperar pelo bom coração dos meus colegas e pelas promessas que foram feitas à Directora dos Recursos Humanos, que este ano iriam participar.

 
SLB!!!!!



Boa sorte!

2006-03-27

 
V for Vendetta



Mais uma BD, de Alan Moore e David Loyd, que passa ao grande écran. Escrito pelos irmãos Wachowski (Matrix) e realizado por James McTeigue, com Natalie Portman, Hugo Weaving, Stephen Rea.
Londres, um governo fascista, um povo apático, que esconde as suas vontades pessoais, ao ponto de quase se esquecer dos seus ideais. Surge um herói, V, que usa uma máscara, e várias facas além de material explosivo, e se apresenta como “terrorista” fazendo explodir não só o governo mas tentando ainda despertar a população para tomar uma posição e reagir. Cruza-se com uma jovem Evey, que acidentalmente vai ter um papel na sua vida.
É um filme interessante, principalmente pelo seu tema - será que os meios justificam os fins? Será que o terrorismo é justificável e pode ser libertador?
Boas interpretações de todo o elenco, sobressaindo a performance do Agente de Matrix, Hugo Weaving, a quem nunca vemos a cara.
A banda sonora é muito agradável, ao longo do filme temos presente uma juke box que nos leva a recordar Cry me a River de Julie London.

2006-03-26

 
Vem aí um novo Faroleiro

Chama-se Nuno Vicente e vem juntar-se à actual equipa trazendo um novo ponto de vista e mais animação. Não estou autorizado a dizer nada sobre ele, mas não posso deixar de relatar que tem uma relação muito especial com a Lara Croft: Ele adora-a, ela nem sabe que ele existe.


já agora e a propósito da Lara Croft, quando eu era pequeno e queria ver uma mulher menos vestida tinha de ir à National Geogaphic e escolher as reportagens de África ou dos índios da Amazónia, agora basta pegar num Gameboy.


 


As 400 medidas de Sócrates

O governo de José Sócrates prepara-se para apresentar 400 medidas de combate à burocracia. Acho muito bem pois tenho a perfeita noção de que existe um desperdicio de recursos e de paciência que podem (poderão ?) ser facilmente eliminados.

Mas 400 ?

Um número tão redondo causa-me o maior desconforto. Se anunciassem que iriam apresentar 378 medidas, tudo bem. Ou 257 ou mesmo 413. Agora 400 !! Não pode ser coincidência e leva-me a pensar o pior, ou os diversos ministérios apenas encontraram 393 medidas e inventaram 7 para arredondar a conta, ou quando descobriram 400 pararam. Sócrates terá dito no Conselho de ministros, é calma lá, já descobriram 400 medidas agora acabou se não, não consigo anunciá-las a todas.

Não, decididamente 400 medidas não me parece o resultado de um trabalho sério.

2006-03-25

 
Casanova



Realizado por Lasse Hallström, com Heath Ledger, Sienna Miller, Oliver Platt, Jeremy Irons, Lena Olin

A história do famoso conquistador Casanova, as mulheres da sua vida, a perseguição feita pela igreja, os devaneios e a sedução de um homem, numa aventura muito bem humorada, que se recomenda para fugir às tristezas. Heath Ledger tão descontraído após a sua interpretação de Ennis Del Mar, que confirma a versatilidade do actor. Um elenco que funciona lindamente e nos proporciona boa disposição.

“Oh Casanova, this night I left my window open for you....
Oh my dear, so many windows open, and so little time…”

2006-03-24

 


Lopes da Silva

Estreou hoje na RTP a série Lopes da Silva do Gato Fedorento. Confesso que foi com alguma curiosidade, mas também com algumaapreensão que me colei frente ao televisor a roer as unhas.

É que para mim o melhor do Gato Fedorento são os textos, mas depois era a forma algo artesanal, ou de poucos recursos, como os skectches eram montados. Nesta fase em que saltam para a RTP e para horário nobre poderiam ter perdido alguma da sua piada ao perderem, exactamente, esse lado mais "artesanal". No entanto, e apesar de ser nunca ter visto tanta "produção" e tantos figurantes (por exemplo), em nada a qualidade dos Gato Fedorento saiu beliscada.

Gostei particularmente do trailer de E tudo o convento levou

 
Registo umbiguista

No passado dia 20 de Março, o Farol das Artes bateu o seu o record de visitas com 251.

 
A condessa russa



Realizado por James Ivory com Ralph Fiennes; Natasha Richardson; Vanessa Redgrave; Lynn Redgrave; John Wood

Xangai, 1936, a tensão existente entre Japão e China, as dificuldades vividas pelos refugiados, é este o mote para o novo filme de Ivory.

Um diplomata americano cego, trava amizade com uma condessa russa, actualmente frequentadora de clubes dançantes, para poder sobreviver financeiramente, sustentar a sua filha e ainda a austera família do seu defunto marido, que apesar de precisarem dela, a acusam constantemente de desonra!

Excelentes cenários, excelentes cores e uma música muito harmoniosa.

2006-03-22

 
Compreende-se

Na Madeira, o PSD resolveu não festejar o 25 de Abril.
Na verdade, lá, não há muito motivo para festejar a democracia


 



Para os fanáticos da série CSI Las Vegas (como eu...) aconselho o livro - CSI - Crime em duas mãos, em que a nossa conhecida equipa desvenda mais um crime!

2006-03-21

 


E se amanhã o medo

Este livro de Ondjaki é um livro de plena poesia escrita sob a forma de prosa, em pequenas crónicas um pouco ao jeito de Mia Couto.

Encontra-se dividido em duas partes Horas Tranquilas e Conchas escuras, sendo que é o lado negro da vida (ou da morte) que sobressai nesta última, mas com a mesma beleza na escolha acertada das palavras que quase que dá vontade mastigar.

Leiam lá:

Era muito cedo. Antes da hora do sol - momento regular, encantador, charmoso. A mulher bateu à porta certa de que fossem abrir.
O velho.
O velho aproximou-se lentamente, chinelos inaugurando o chão da manhã, e sorriso no rosto, espreitou. Usava uma face tranquila, embora nos lábios se descortinassem pregas de frio.

 
Farol

Pedra a pedra
construí um Farol

que perpassa a noite
da tua ausência
e incendeia cada vez
que sinto os teu dedos
no meu corpo abandonado

à tua vontade.

Lisboa, 20.03.2004

 

DIA MUNDIAL DA POESIA,
DIA INTERNACIONAL CONTRA A DISCRIMINAÇÃO RACIAL
E
DIA MUNDIAL DO SONO
Realmente os temas são diversificados e para todos os gostos!
A poesia é importante nas nossas vidas, devemos reflectir sobre sobre formas de diminuir o racismo e todas as formas de discriminação ...
E depois de ter dormido uma sesta procurei um poema de Miguel Torga que aqui vos deixo :
QUASE UM POEMA DE AMOR
Há muito tempo já que não escrevo um poema
De amor.
E é o que eu sei fazer com mais delicadeza!
A nossa natureza
Lusitana
Tem essa humana
Graça
Feiticeira
De tornar de cristal
A mais sentimental
E baça
Bebedeira.
Mas ou seja que vou envelhecendo
E ninguém me deseje apaixonado,
Ou que a antiga paixão
Me mantenha calado
O coração
Num íntimo pudor,
--- Há muito tempo já que não escrevo um poema
De amor
Miguel Torga

 
E porque hoje é dia mundial da Poesia!!!

Um dia

Um dia, gastos, voltaremos
A viver livres como os animais
E mesmo tão cansados floriremos
Irmãos vivos do mar e dos pinhais.

O vento levará os mil cansaços
Dos gestos agitados irreais
E há-de voltar aos nosso membros lassos
A leve rapidez dos animais.

Só então poderemos caminhar
Através do mistério que se embala
No verde dos pinhais na voz do mar
E em nós germinará a sua fala.

Sophia de Mello Breyner

2006-03-20

 
Começa hoje a Primavera!


2006-03-18

 


AeonFlux

No ano de 2011 uma epidemia varreu a terra (será a gripe das aves ???) e apenas cinco milhões de humanos sobreviveram após descoberta a cura. Esses cinco milhões foram viver para uma única cidade rodeada de muros e após 400 anos de vida numa espécie de gaiola dourada, apareceu um movimento rebelde que visava destronar o ditador que mandava na cidade.

Este é o inicio de um filme de ficção cientifica, artes marciais que nada traz de novo ao que já estamos habituados. No entanto o filme tem alguma qualidade - Charlize Teron pois claro.



 
Estupidez

é opôr a uma droga de vida, uma vida de droga

(graffiti na estação da CP de Monte Abrão)

2006-03-17

 


Na presença do inimigo

Este romance pleno de suspense de Elizabeth George já data de 1996, mas só o li agora e em boa hora o fiz.
É um daqueles livros que combina na perfeição a intensidade da escrita com uma trama bem definida que nos deixa "agarrado" ao longo das 566 páginas do calhamaço.

Tudo começa quando a filha de uma importante política é raptada, mas ao invés de um resgate, o que o raptor exige é a publicação num tabloide de uma informação que tem sido mantida secreta já há 11 anos. Mas o melhor é lerem mesmo a história que não conto mais nada para não vos tirar o encanto e a surpresa.

O primeiro paragrafo é assim...

Charlotte Bowen julgava que estava morta. Abriu os olhos e foi recebida pelo frio e pela escuridão. Sentia o frio debaixo de si. Era uma sensação idêntica à que lhe provocava a terra que enchia o canteiro de flores da mãe onde o gotejar interminável da torneira exterior formava uma mancha de humidade, verde e malcheirosa.

2006-03-16

 
Uma história de violência



Um filme de David Cronenberg com Viggo Mortensen, Ed Harris, Maria Bello, William Hurt, Ashton Holmes, Sumela Kay

Tom é casado com Edie e têm 2 filhos. São aparentemente o modelo de família feliz que vive o sonho americano, na pequena cidade de Millbrook, no estado de Indiana. Tudo muda quando Tom, no seu bar, é confrontado com 2 marginais, assassinos, que põem em perigo a sua vida e a dos colegas, Tom mata-os e torna-se o herói americano, saudado por todos os vizinhos, sendo assediado pelos jornalistas aparecendo em vários canais de TV. O pesadelo começa quando surgem no bar, uns indivíduos, tendo como líder um sinistro homem, num papel e caracterização excelente de Ed Harris, que teima que ele se chama não Tom, mas sim Joey e que tem também um passado criminoso, apesar de Tom o negar veemente. A partir daqui esta pacata família, entra numa espiral de violência que até aqui desconhecia. Um filme que nos prende, toda a violência presente no filme, tem uma “nuance” de Tarantino, levada ao exagero o que permite alguns momentos de humor. William Hurt, numa pequena aparição, porta-se à altura do desempenho, tendo-lhe valido inclusive a nomeação para melhor actor secundário. A ver.

2006-03-15

 
Frágeis



Realizado por Jaume Balaguero, (Os sem nome e As Trevas), com Calista Flockhart, Elena Anaya, Richard Roxburgh, Gemma Jones, Colin McFarlane e Michael Pennington
Jaume traz-nos agora um filme sobre um hospital de crianças, em mudança de instalações, estando já o 2º piso encerrado há anos. Permanecem ali alguns médicos, enfermeiras e um grupo de crianças, que vivem atormentados com aquilo que definem como a “menina mecânica”, que aparentemente se chama Charlotte .
No que concerne com os actores, Calista está bem mas nunca nos iremos esquecer de a associar a Ally Mcbeal, Os sem nome á um excelente filme, já as Trevas nem por isso, este Frágeis, é simplesmente de evitar!

2006-03-14

 
Coisa Ruim



Realizado por Tiago Guedes e Frederico Serra, com base num argumento de Rodrigues Guedes de Carvalho, com Adriano Luz, Manuela Couto, Sara Carinhas, Afonso Pimentel, João Santos, José Pinto, João Pedro Vaz, Elisa Lisboa, Filipe Duarte, Gonçalo Waddington, Maria D’Aires e Miguel Borges

Uma família deixa a cidade e instala-se numa casa rural, herança de um familiar. São confrontados com “fantasmas” maldições e histórias passadas, cuja fronteira entre o “folclore” e a realidade são ténues, acabam por se deixar levar pelas “saloices” da aldeia para um final menos feliz.

Um filme português, que se vê lindamente, os actores estão muito bem, os cenários também, e destaca-se a fotografia. A ver, principalmente pelos mais cépticos do cinema português.

2006-03-12

 
O SERVIÇO PÚBLICO DE SAÚDE EM PORTUGAL
Se estão à espera de um desfilar de rosários sobre o mau funcionamento do serviço de saúde público em Portugal estão enganados! Também não pretendo optar por um agradecimento tipo jornal "Fulano agradece ao Dr e ....." .
Apenas quero dizer que em Portugal existem serviços de hospitais públicos que funcionam bem e que aliam profissionalismo a bom senso e sensibilidade nas relações humanas, ... enfim que funcionam! Gostei de ver! Onde? Algures neste país! :-)

 
Um ano de Sócras
Avaliação sumária do primeiro ano de Governo


Positivo: Este é um governo que encara os problemas de frente, pensa em soluções, decide e implementa. Há muito que não tinhamos um governo assim.

Negativo: É um governo que dialóga pouco. Quer resolver os problemas, mas nem sempre toma as melhores decisões e raramente ausculta, ou ouve, os outros partidos políticos ou as classes profissionais do sector. O que ganha em pragmatismo e eficiência pode perder em facilidade de implementação e em atritos sociais por vezes facilmente evitáveis.

O melhor: O Plano tecnológico e as mudanças na educação

O pior: O aumento do IVA e a decisão de avançar com a OTA

Ministros competentes
A competência não é uma medida absoluta mas sim relativa à média de ministros que temos, ou tivémos em outros governos e nas mesmas pastas.


José Sócrates, Vieira da Silva, Maria de Lurdes Rodrigues, Mariano Gago

Ministros incompetentes
Ou que têm tomado decisões que não favorecem o desenvolvimento de um país solidário, justo e com futuro.


Correia de Campos

Ministros qb
Ou ministros que têm cumprido quanto baste


António Costa, Teixeira dos Santos, Pedro Silva Pereira, Jaime Silva, Santos Silva

Ministros melhoral
Que não fazem bem nem mal


Luís Amado, Alberto Costa, Mário Lino

Ministros que têm dias
Também conhecidos como ministros uma no cravo outra na ferradura


Freitas do Amaral, Manuel Pinho

Ministros que eu me esqueço que existem
Serei só eu ?


Francisco Nunes Correia, Isabel Pires de Lima


PS. Esta é uma opinião pessoal que sei que não é partilhada por outros bloggers d'O Farol

2006-03-10

 
North Country – Terra Fria





Um filme de Niki Caro, com Charlize Theron, Frances McDormand, Sean Bean, Richard Jenkins, Jeremy Renner, Michelle Monaghan, Woody Harrelson, Sissy Spacek

A história de Josey Aimes, mãe de dois filhos, que sai de casa devido à violência do marido. Vai para casa dos pais, e arranja um emprego nas minas, onde é alvo de assédio sexual e discriminada, juntamente com as companheiras de trabalho, por parte de quase todos os homens que lá trabalham.
Josie termina intentando uma acção de tribunal, que vai marcar a história da américa. Um grito de “Basta” com todas as letras muito bem desempenhado por Charlize Theron, que foi candidata a óscar de melhor actriz pelo seu desempenho. Também nomeada para melhor actriz secundária esteve Frances McDormand, num excelente desempenho. Um filme a ver.

2006-03-09

 
A terra como ela é

2006-03-07

 


Aumento imoderado das taxas moderadoras

Todos nós pagamos impostos e descontamos para a Segurança Social, e não é pouco. Por isso o pagamento de taxas moderadoras visa evitar a utilização abusiva por parte dos cidadãos de um serviço que é um bem de toda a comunidade.

Faz sentido e tem toda a lógica. Mesmo nos serviços de prestação de cuidados de saúde privados, como por exemplo acontece no meu seguro de saúde, pago 5 euros por acto médico. Apesar de não ser chamada de taxa moderadora, o principio é o mesmo. Para que não se passe a vida a ir ao médico sem necessidade, existe um custo que visa moderar a utilização do serviço.

A taxa moderadora não serve nem deve servir para pagar o serviço prestado. O serviço de saúde público deve ser tendencialmente gratuito (pelo menos é o que diz a constituição), que é uma forma bonita de dizer que deve ser pago pelos cidadãos através dos seus impostos e não através do principio do utilizador-pagador.

Por isso o aumento de 23% das taxas moderadoras é um abuso injustificado. Se o problema é o uso abusivo das urgências, então coloquem uma taxa de valor superior para os casos em que não se justificava que o utilizador tivesse ido para as urgências. Agora um aumento cego desta ordem de grandeza nas taxas moderadoras, isso é gestionariamente errado e socialmente injusto.

2006-03-06

 
Há quem defenda que o Presidente da Républica deve ser mais interventivo. Outros, pelo contrário, defendem que como árbitro deve intervir o menos possível e apenas quando haja necessidade expressa.

A minha opinião é muito mais flexível. Por exemplo, nos últimos dez anos tenho defendido um Presidente mais interventivo, e nos próximos cinco defendo que o Presidente não intervenha em nada.

 
Os vencedores da noite



Melhor filme - Crash



Melhor actriz – Reese Witherspoon (Walk the Line)



Melhor actor secundário George Clooney (Syriana)



Melhor actor – Philip Seymour (Capote)



Melhor actriz secundária – Rachel Weisz (O fiel jardineiro)



Melhor realizador – Ang Lee (Brokeback Moutain)



Melhor banda sonora – Gustavo Santaolalla – Brokeback Moutain

Para saber mais - Publico - C7nema

2006-03-04

 
Capote



Um filme de Bennett Miller, com Philip Seymour Hoffman, Catherine Keener, Clifton Collins Jr., Mark Pellegrino, Bruce Greenwood, Chris Cooper, Amy Ryan, Bob Balaban

O filme conta-nos o percurso do escritor Truman Capote, aquando de um assassinato ocorrido em 1959, um massacre feito por dois homens que assassinaram uma família.

Capote resolve escrever um livro desta história, e desloca-se para o Kansas, acompanhada da sua amiga e assistente Nell. Capote mantém uma relação com Jack, também escritor, assumindo a sua homossexualidade perante a sociedade sem constrangimentos alguns. Revela-se um homem culto, sarcástico, bem falante não perdoando as “gafes” da sociedade como ele às tantas diz, que em casa de uma senhora que tinha quatro Matisses expostos nas paredes, ele teve de lhe dizer que dois estavam de pernas para o ar....
Acaba por tecer uma “relação” com um dos assassinos Perry, mas mesmo esta amizade é um pouco peculiar, pois Capote apenas tem como objectivo o seu livro. Capote é extremamente narcisista, chega a pagar para ser elogiado, é só ele que interessa ele e mais ninguém, vê-se notoriamente na sua relação com Jack e Nell, e mesmo com Perry. Nota-se a debilidade desta amizade quando Capote tem uma depressão, face às inúmeras vezes em que a sentença de morte dos rapazes é adiada, a grande preocupação de Capote é: E quando poderei eu terminar e publicar o meu livro? Nunca mais sai o veredicto final....

De qualquer modo é um filme muito bem feito, com uma interpretação de Philip Seymour Hoffman, inesquecível. De resto ficamos a saber que depois de este livro ter revolucionado a literatura, sendo um romance documental, e ter sido um sucesso, Truman nunca mais acabou nenhum livro.

 
Em resposta ao desafio da Isabel, do Blog Laranja com Canela, aqui fica o questionário.

Quatro empregos que já tive na vida:
- Escriturária
- Secretária
- Coordenadora Administrativa

Quatro filmes que posso ver vezes sem conta:
- Moulin Rouge
- E tudo o vento levou
- Casablanca
- ...
Não sou muito de ver filmes vezes sem conta! Adoro filmes e vejo imensos!!!!! Mas uma vez duas no máximo são suficientes....

Quatro sítios/países/regiões onde vivi:
- Sempre nos arredores de Lisboa

Quatro séries televisivas que não perco (perdia):
- Lei e Ordem
- Sopranos
- Donas de casa desesperadas
- CSI (LA, Miami, NY)
- Perdidos
(...)

Quatro sítios onde estive de férias:
- Algarve, Açores, Madeira, Paris

Os meus pratos preferidos:
- adoro bacalhau de imensas maneiras, mas sem ser o tradicional bacalhau cozido!

Quatro websites que visito diariamente:
- Fnac, c7nema, Publico e muitos dos que estão aqui na coluna do lado;

Quatro sítios onde gostaria de estar agora:
- Estou aqui bem!

Três bloggers (F) a quem convido a fazer este questionário (se tiverem paciência e gosto):

Três bloggers (M) a quem convido a fazer este questionário:

Esta deixo ao critério de por quem cá passar, se quiserem fazer o questionário – Be my guests!

2006-03-03

 
Transamérica



Stanley/Bree, transexual, está a uma semana de fazer a sua tão esperada cirurgia para mudança de sexo. Eis que recebe um telefonema de um suposto filho, que vai mudar muita coisa na vida de Bree.

Esta é a premissa para um excelente “road movie” de Duncan Tucker, com Felicity Huffman, Kevin Zegers, Fionnula Flanagan, Graham Greene, Elizabeth Peña, Jon Budinoff .

O filme é simples, apresentando Bree na sua essência mais feminina ainda que um pouco desajeitada, e a sua relação com um adolescente rebelde não muito paciente.
O Filme é muito humano, com um senso de humor saudável, retratando uma realidade que por vezes nos passa um pouco ao lado.

Excelente desempenho de Felicity Huffman, que está simplesmente divina!!!!!!

2006-03-02

 


Zathura
Uma viagem espacial


A ideia não é nova, dois miúdos encontram um velho jogo e ao começarem a jogá-lo, consoante as cartas que lhes saiem, assim são arrastados dentro da sua casa para o espaço e sofrem uma série de peripécias e aventuras.

No entanto o relacionamento entre os dois miúdos, e também a irmã mais velha, trazem algum valor acrescentado que, em conjunto com a fotografia, tornam o filme agradável de ver.

Um bom filme, portanto, para levar as crianças.

 
Walk The Line



Um filme de James Mangold, com Joaquin Phoenix, Reese Witherspoon, Robert Patrick, Ginnifer Goodwin, Shelby Lynne, Hailey Anne Nelson

Conta-nos a história de Johnny Cash, o seu percurso rebelde, a sua música, as suas drogas, a sua mulher e filhas, a amizade e posteriormente o amor por June Carter.

Para mim Johnny Cash não era desconhecido, mas pouco sabia dele. Penso que o filme está sóbrio e simples, os desempenhos de Joaquin Phoenix e Reese Witherspoon, estão muito bem, e os dois interagem perfeitamente. Penso que deliciará milhares de fãs de Johnny Cash, sem dúvida alguma.