<$BlogRSDUrl$>

2006-07-07

 

Policiais em altura de férias


Val McDermid cresceu numa comunidade mineira na Escócia e leccionou Inglês em Oxford. Foi jornalista durante 16 anos e vive agora em Manchester, dedicando-se apenas a escrever. Em 1995 recebeu o Golden Dagger para o melhor romance policial do ano com O Canto das Sereias. E a Sentença de Morte foi atribuido o Los Angeles Times Book Award, tendo sido ainda classificado como Notable Book of the Year pelo New York Times. Livros editados em Portugal Sentença de Morte, O Canto das Sereias e Um Eco Distante, todos pela Gótica.

É actualmente conhecida como “Val McDermid, a grande senhora do thriller psicológico da actualidade”, e eu não poderia estar mais de acordo, já li todos os seus livros, quatro, traduzidos em português, editados pela Gótica, e recomendo-os ! Aqui vos deixo as respectivas sinopses.


Sentença de Morte


Num dia gélido de Dezembro de 1963, Alison Carter, 13 anos, desaparece subitamente da sua aldeia. A partir daí, nada vai ser como antes para os habitantes do lugarejo isolado em plena Inglaterra rural. O recém promovido inspector George Bennet está firmemente decidido a resolver o caso, mesmo que seja apenas para devolver a uma mãe o corpo da filha morta

O Canto das Sereias


Até então, os únicos assassinos em série que Tony Hill tinha encontrado estavam, para segurança de todos, atrás das grades. Este é diferente – este anda por aí. Na cidade de Bradfield, quatro homens foram encontrados mutilados e torturados. O medo invade a cidade e ninguém se sente seguro. O psicólogo clínico Tony Hill é mandado chamar para elaborar o perfil do assassino. Ele próprio um homem com problemas sexuais mais do que suficientes, Tony Hill torna-se o alvo insuspeito numa batalha de vontades onde tem de usar toda a sua capacidade profissional e todo o controlo dos seus nervos para sobreviver.

Um eco distante


Às quatro da manhã, em finais de Dezembro, a neve cobre a cidade universitária de St. Andrews, Alex Gilbey e os seus três melhores amigos regressam a casa depois de uma festa... quando tropeçam no corpo ainda com vida de uma rapariga. Rosie Duff foi violada, apunhalada e abandonada à beira da morte e os únicos suspeitos são os quatro estudantes que, ao tentarem socorrê-la, ficam manchados com o seu sangue. Vinte e cinco anos mais tarde, a polícia decide rever casos antigos sem solução e, entre eles, o do assassínio de Rosie Duff. De repente, um dos quatro amigos morre num incêndio suspeito, pouco depois, um segundo é morto no que aparenta ser um assalto. Alex Gilbey teme o pior e inicia uma investigação por conta própria para descobrir o verdadeiro assassino, antes que se torne a próxima vítima.

E o mais recente....

Assassino de Sombras


Há um assassino à solta, e a forma como mata faz oscilar a fronteira entre a realidade e a ficção. As suas vítimas são autores de romances policiais que transformaram a análise do perfil psicológico dos criminosos na nova vaga dos thrillers dos anos noventa. Mas este assassino é diferente de todos os outros. A sua sede de sangue abala todas as teorias convencionais sobre as motivações e os mecanismos de um assassino em série. E há uma mulher para quem a busca desesperada da sua identidade se transforma numa questão de vida ou de morte. Fiona Cameron é professora universitária de psicologia, e utiliza a tecnologia informática para ajudar as forças policiais a apanhar criminosos em série. Costumava trabalhar com a Polícia Metropolitana de Londres, mas jurou que nunca mais o faria na sequência de uma investigação que correu profundamente mal por aquela ter decidido ignorar o seu conselho. Ainda traumatizada com a experiência, está a trabalhar num caso em Toledo quando o namorado, o autor de thrillers psicológicos Kit Martin, lhe diz que um dos seus colegas acaba de ser assassinado. Fiona não pode deixar de se sentir interessada. E ainda bem que assim é, porque em breve o assassino ataca outra vez. E depois outra.


Comments: Publicar um comentário

<< Home